Rússia anuncia prisão de espião chinês

A Rússia anunciou nesta quarta-feira que um cidadão chinês está preso no país há quase um ano acusado de espionagem.

Uma declaração do serviço de segurança russo, o FSB, informou que o homem, identificado como Tung Shen-Yun, trabalhava como tradutor e tentou obter documentos secretos sobre os mísseis terra-ar da Rússia.

O FSB afirmou ainda que Shen-Yun foi detido em outubro de 2010 mas apenas agora sua prisão foi divulgada e que agora ele foi indiciado. A China ainda não se pronunciou sobre o caso.