Milhões de empregos podem sair da China e voltar aos Estados Unidos, diz estudo

Até três milhões de postos de trabalho podem sair da China e voltar aos Estados Unidos até o fim desta década, segundo um estudo realizado pelo Boston Consulting Group.

Segundo a consultoria, a alta no custo da mão-de-obra na China fará com que empresas americanas reduzam suas operações no país e aumentem a produção doméstica.

O relatório prevê que até 2020, 15% dos bens atualmente produzidos na China e exportados para os Estados Unidos vão voltar a ser produzidos em solo americano, revertendo uma tendência de longo prazo.

Analistas dizem que o quadro otimista vai agradar a Casa Branca, que colocou a indústria no centro de seus planos para a recuperação econômica.