Austrália desrespeita direitos humanos de aborígenes, diz Anistia

O secretário-geral da Anistia Internacional, Salil Shetty, acusou o governo da Austrália de desrespeitar os direitos humanos de aborígenes que vivem em algumas comunidades rurais mais afastadas.

Shetty visitou assentamentos indígenas no deserto da região central do país e afirmou que o governo australiano deveria ser alvo de constrangimento frente à comunidade internacional para que fosse obrigado a tomar providências para melhorar as condições de vida na região.

O secretário-geral da Anistia disse que ficou estarrecido com as péssimas condições de habitação e com a pobreza que observou entre os aborígenes.

O governo da Austrália afirmou que tem como prioridade enfrentar os problemas das comunidades de aborígenes.