Após meses de queda, emprego industrial cresce em agosto

O emprego industrial cresceu 0,4% em agosto em comparação ao mês anterior, após registrar queda de 0,1% em junho e em julho, informou nesta terça-feira o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Em relação a agosto de 2010, o emprego na indústria cresceu 0,6%, e os principais aumento de contratações foram registrados em Pernambuco e Paraná. Em contrapartida, em São Paulo as contratações tiveram variação negativa no período.

As indústrias que mais contrataram foram as de alimentos e bebidas, meios de transporte e máquinas e aparelhos eletroeletrônicos e de comunicações. Os maiores recuos nos empregos foram observados nos setores de papel e gráfica, calçados e couro e madeira.

No índice acumulado nos oito primeiros meses de 2011, o nível do pessoal ocupado na indústria foi 1,6% maior do que no mesmo período do ano anterior.