Tropas do Iêmen abrem fogo contra manifestantes

As forças de segurança do Iêmen abriram fogo neste sábado contra dezenas de milhares de manifestantes reunidos na capital Sanaa, em nova demonstração contra o presidente do país, Ali Abdullah Saleh.

Médicos consultados afirmam que ao menos nove pessoas morreram e dezenas ficaram feridas na ofensiva oficial contra a manifestação.

Testemunhas relatam que as tropas de Saleh reagiram ao protesto, no centro da cidade, com tiros de balas verdadeiras, com gás lacrimogêneo e com canhões de água.

Saleh enfrenta oito meses de protestos pedindo sua renúncia e chegou a ser ferido em um atentado contra o palácio presidencial.