Herdeira da L'Oreal perde batalha judicial contra filha é considerada incapaz

A herdeira do grupo empresarial francês L'Oreal e uma das mulheres mais ricas da França, Liliane Bettencourt, perdeu a batalha judicial que movia contra a própria filha para provar que é mentalmente capaz de cuidar de seus negócios sozinha.

O tribunal em Paris aceitou o pedido da filha de Bettencourt, de que a família seja a guardiã da herdeira de 88 anos.

A alegação da filha da herdeira é que Bettencourt já não tem capacidade mental para cuidar da riqueza da família, avaliada em US$ 20 bilhões.

A imprensa francesa divulgou o que seria um relatório médico confidencial que declararia que Liliane Bettencourt sofre de mal de Alzheimer.

Os advogados de Bettencourt afirmaram que vão entrar com recurso.