Representante da catedral de St. Paul renuncia devido a protestos

Um importante representante da catedral de St. Paul, um dos monumentos mais conhecidos e visitados de Londres, será obrigado a renunciar ao cargo devido ao protesto contra o capitalismo que ocupou o espaço em frente à catedral.

As autoridades da catedral informaram que Giles Fraser deve renunciar ao cargo de cônego da St. Paul nos próximos dias.

Fraser deixou que os manifestantes contra o capitalismo ocupassem com barracas o espaço em frente à entrada principal da catedral, protestando contra a ganância das grandes corporações e os cortes de gastos públicos. A St. Paul fica no distrito financeiro de Londres.

Mas, a St. Paul teve que fechar suas portas para o público nesta semana pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial devido ao protesto depois de recomendações feitas por especialistas em segurança.

As autoridades esperam chegar a um acordo com os manifestantes para reabrir a catedral na sexta-feira.