Partido islâmico da Tunísia reafirma 'compromisso com mulheres'

O líder do partido islâmico Ennahda, Rachid Ghannouchi, disse nesta sexta-feira que as conquistas sociais das mulheres não serão revertidas na Tunísia.

O partido conseguiu o maior número de assentos no parlamento da Tunísia, nas eleições de domingo e afirmou que quer dar início ao novo governo dentro de um mês.

Em discurso, Ghannouchi prometeu fortalecer o papel das mulheres na política tunisiana.

O líder do partido também pediu calma aos manifestantes na cidade de Sidi Bouzid, onde protestos violentos começaram depois que oficiais do comitê eleitoral decidiram desqualificar candidatos de um partido rival alegando "irregularidade financeiras".

As forças de segurança tunisianas dispararam para o ar para dispersar as centenas de manifestantes, mas não houve relatos de mortos.