Síria oferece anistia a ativistas que entregarem armas

Atualizado em  4 de novembro, 2011 - 15:24 (Brasília) 17:24 GMT

As autoridades em Damasco pediram que todos os sírios entreguem suas armas em troca de anistia, mas disseram que a oferta vale somente para aqueles que não cometeram crimes.

O governo da Síria enfrenta pressão para retirar suas forças de segurança das ruas, em cumprimento com a proposta da Liga Árabe, feita no início da semana.

Ativistas dizem que oito manifestantes foram mortos por forças de segurança em diversos locais do país nesta sexta-feira, mas o governo negou os relatos.

Segundo oficiais, um atirador foi morto por um policial que estava sendo atacado perto de Damasco e outro policial foi gravemente ferido nos confrontos.

Horas antes, médicos na cidade de Homs disseram que o hospital nacional recebeu mais de 100 corpos nas últimas 48 horas.

Relatos não confirmados da mídia oficial falam de uma onda de violência sectária na cidade.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.