Mercado em Bagdá é atingido por ataques coordenados

A polícia iraquiana informou neste domingo que ao menos oito pessoas foram mortas em ataques a bomba na capital do país, Bagdá.

Um mercado no bairro de Shurja foi alvo de três ataques, que ocorreram quase simultaneamente.

O local estava lotado de moradores, que compravam alimentos para as celebrações do Eid al-Adha, um dos feriados mais importantes do calendário islâmico.

O atentado ocorreu mesmo com medidas de segurança extras que foram implementadas por causa do movimento do feriado. Pelo menos 21 pessoas ficaram feridas.

De uma maneira geral, a violência no Iraque vem caindo desde que atingiu níveis recordes, entre 2006 e 2007. No entanto, ataques contra civis continuam sendo comuns.

A violência vem aumentando, especialmente em Bagdá, nos últimos meses, à medida que os últimos soldados americanos se preparam para deixar o país, no fim do ano.

Segundo dados oficiais, 258 pessoas foram mortas em episódios violentos em outubro no Iraque.

O número levantou temores de que a violência volte a disparar uma vez que os EUA deixem inteiramente a cargo dos iraquianos a segurança do país.