México captura um dos chefes do narcotráfico

As autoridades no México afirmam ter prendido um dos chefes do cartel de drogas de Sinaloa, no noroeste do país.

Ovidio Limón Sanchez foi capturado por soldados em Culiacan, capital do estado de Sinaloa. Ele é acusado de organizar grandes carregamentos de cocaína para a Califórnia, para distribuí-los pelos Estados Unidos.

Ele deverá ser extradidato para os Estados Unidos, cujo governo ofereceu uma recompensa de até US$ 5 milhões (R$ 8,8 milhões) por sua captura.

Acredita-se que Limón Sanchez seja um aliado próximo de Joaquin "El Chapo" Guzman, o líder foragido do cartel, que é o chefe do narcotráfico mais procurado no México.

Cerca de 40 mil pessoas foram mortas em violência relacionada ao tráfico no México nos últimos cinco anos.