Chefe de departamento europeu do FMI renuncia ao cargo

O chefe do departamento europeu do Fundo Monetário Internacional (FMI), Antonio Borges, renunciou nesta quarta-feira.

Segundo o FMI, a decisão de Borges, que estava no cargo há um ano, foi motivada por razões pessoais.

Seu trabalho incluía a supervisão dos planos de resgate da Grécia, de Portugal e da Irlanda, que foram duramente afetados pela crise econômica.

O chefe de estratégia e política da organização, Reza Moghadam, substituirá Borges no departamento europeu.