Minas terrestres 'fizeram 4 mil vítimas' no ano passado

Mais de 4 mil pessoas foram vítima de minas terrestres no ano passado, segundo o relatório anual que monitora o uso dessas armas no mundo.

Afeganistão, Colômbia e Paquistão responderam por mais da metade dos casos.

De acordo com o chamado Monitor de Minas Terrestres, que contém dados desde 2004, além de grupos armados em diversos países, vários governos utilizaram essas armadilhas no último ano: Síria, Líbia, Mianmar e Israel.