Outubro tem menor desemprego para o mês já registrado pelo IBGE, a 5,8%

O desemprego no Brasil ficou em 5,8% no mês de outubro, segundo informou nesta quinta-feira o IBGE. Este é o menor percentual para o mês desde a reformulação da Pesquisa Mensal de Emprego, em 2002.

A taxa de outubro ficou estável tanto em relação a setembro, quando foi de 6%, quanto na comparação com o mesmo mês do ano passado, quando foi de 6,1%.

A população desocupada nas seis regiões metropolitanas pesquisadas foi de 1,4 milhão de pessoas, número estável tanto na comparação com o mês anterior quanto em relação a outubro de 2010.

Já a população ocupada (22,7 milhões) não teve variação significativa desde setembro. Se comparado com outubro do ano passado, segundo o IBGE, este número representa alta de 1,5%, ou um adicional de 336 mil ocupados nos últimos 12 meses.

O número de trabalhadores com carteira assinada no setor privado (11,1 milhões) também não variou significativamente em relação a setembro. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a alta é de 7,4%, ou 765 mil postos de trabalho com carteira assinada a mais no período de um ano.

Se comparado a outubro de 2010, o desemprego teve queda de 27,3% na região metropolitana de Recife, enquanto a região metropolitana de Belo Horizonte registrou redução de 15,3%. Em relação a setembro, não houve variação significativa em nenhuma das regiões pesquisadas.