Protestos no Cairo registram mais uma morte

Às vésperas do início da eleição parlamentar, o Egito registrou neste sábado protestos esporádicos em sua capital, Cairo, entre a polícia e manifestantes contrários à junta militar governante.

Há relatos de ao menos uma morte, ocorrida quando um veículo militar atropelou um manifestante.

Na hora do incidente, os ativistas estavam tentando bloquear a entrada do carro do novo premiê, Kamal Ganzouri, em um prédio governamental. Ganzouri, que foi nomeado premiê na quinta-feira pelos militares, prometeu formar um gabinete multipartidário.

Ao mesmo tempo, em resposta aos protestos antigoverno, milhares de egípcios realizaram uma manifestação pró-militares, alegando estar representando o "Egito real".