ONU abre conferência do clima em meio a desconfiança entre países pró e anti acordo

Começou nesta segunda-feira em Durban, na África do Sul, a Conferência anual da ONU sobre mudança climática.

Analistas estão pessimistas quanto aos prospectos de um novo acordo global devido às diferenças nas posições dos países que participam do evento.

Enquanto a União Europeia e países mais pobres, que já sentem os efeitos da mudança climática, pressionam por um acordo urgente para redução das emissões de carbono, grandes emissores como Japão e Rússia relutam em aceitar as mudanças.

As negociações para um tratado regulando as emissões de carbono dos países fracassou na edição do encontro da ONU em Copenhague, dois anos atrás.