Republicano Herman Cain desiste de concorrer à Presidência dos EUA

O pré-candidato à Presidência dos Estados Unidos Herman Cain anunciou neste sábado que desistiu de disputar a indicação do Partido Republicano para as eleições do próximo ano.

Cain disse, em discurso na cidade de Atlanta, que acusações "falsas e sem provas" sobre sua vida privada estão sendo muito dolorosas para a sua família, e criaram uma sombra de incerteza ao seu redor.

Ele foi acusado de assédio sexual e de manter um caso extraconjugal por 13 anos.

O empresário do Estado da Geórgia chegou a surpreender nas pesquisas de opinião como potencial adversário do presidente Barack Obama, mas sua popularidade despencou nos últimos dias.

Ele agradeceu ao apoio de sua base e prometeu continuar na vida política.