Após queixas, loja retira livro de Hitler da lista de recomendados

A loja de produtos de entretenimento Virgin Megastore do Qatar decidiu remover o livro de Adolf Hitler, Mein Kampf (Minha Luta), de sua seção de livros recomendados, após queixas de consumidores.

Um cliente tirou uma foto da versão árabe de Mein Kampf na prateleira de produtos recomendados da loja e postou a foto na internet, provocando críticas à rede Virgin.

A cadeia de lojas de entretenimento disse à BBC que a recomendação feita ao livro não significa um endosso a seu autor ou a seu conteúdo.