Banco Central Europeu volta a cortar juros na zona do euro

O Banco Central Europeu cortou em 0,25 ponto percentual - para 1% - a taxa de juros dos países que utilizam o euro, pela segunda vez em cinco semanas.

A medida, que volta a colocar a taxa de juros europeia no seu mais baixo nível histórico, foi tomada como uma precaução para evitar que a recessão volte a se alastrar pelas economias do euro.

A autoridade monetária manteve em 1,6% a sua previsão de crescimento neste ano para os países que utilizam a moeda comum, mas reviu para baixo - de 1,3% para 0,3% - a sua previsão para 2012, devido à "incerteza ligada à crise da dívida".

Líderes europeus estãio reunidos na cidade de Marselha, no sul da França, para discutir mudanças no acordo da União Europeia que possam levar a uma maior união fiscal na eurozona.

O presidente da Comissão Europeia, o braço executivo da UE, José Manuel Barroso, pediu aos líderes europeus que façam tudo o que for possível para salvar a moeda comum.