Avaliação de Dilma supera FHC e Lula ao fim do 1º ano, aponta CNI/Ibope

O governo da presidente Dilma Rousseff foi avaliado como ótimo ou bom por 56% dos entrevistados pela última pesquisa CNI/Ibope, divulgada nesta sexta-feira, em um desempenho melhor que os dos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) ao fim dos primeiros anos de seus mandatos.

A aprovação de Dilma em dezembro subiu cinco pontos percentuais em relação ao último levantamento, divulgado em setembro, quando tinha 51% de índice "ótimo" ou "bom".

Este desempenho é melhor que os obtidos pelos ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) ao fim dos primeiros anos de seus mandatos.

Fernando Henrique obteve 43% de avaliação positiva ao fim do primeiro ano de seu primeiro mandato, e 17% de aprovação ao fim do primeiro ano do segundo mandato. Já a aprovação de Lula ao fim do primeiro ano de seu primeiro mandato foi de 41%, contra 51% ao fim do primeiro ano de seu segundo mandato.

Segundo a CNI/Ibope, o governo Dilma foi avaliado como ruim ou péssimo por 9% dos entrevistados, contra 11% no levantamento de setembro.

Já à aprovação pessoal da presidente subiu apenas um ponto percentual, de 71% para 72%.

O Ibope ouviu 2.002 pessoas com 16 anos ou mais em 142 municípios de todas as regiões do Brasil, entre 2 e 5 de dezembro. A pesquisa tem margem de erro de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.