Obama se diz ‘preocupado’ com democracia na Venezuela

O presidente americano, Barack Obama, acusou o governo da Venezuela de colocar em risco valores básicos da democracia, no momento em que o país se prepara para as eleições presidenciais do ano que vem.

Obama disse que os Estados Unidos estão “bastante preocupados” com as restrições aos direitos universais, incluindo a liberdade de imprensa, e que estão acompanhando o processo para a eleição, em que o presidente Hugo Chávez tentará a reeleição.

Ele afirmou ainda que a relação próxima entre a Venezuela e países como o Irã e Cuba não é do interesse da população.

"Cabe ao povo venezuelano determinar o que eles ganham com uma relação com países que violam os direitos humanos e se isolam do restante do mundo."