Hamas será admitido na Organização pela Libertação da Palestina

O grupo militante palestino Hamas - que governa a Faixa de Gaza - se juntará à Organização pela Libertação da Palestina (OLP).

Nesta quinta-feira, o Hamas chegou a um acordo sobre a entrada na organização com seu rival, Fatah, que é responsável pelo governo da Cisjordânia.

O correspondente de Oriente Médio da BBC, Yolande Knell, diz que o acordo - que aconteceu depois de três dias de negociações no Cairo - é um avanço em direção à reconciliação dos territórios palestinos.

Mas Knell afirma que a admissão do Hamas complicará, sem sombra de dúvidas, o processo de paz do Oriente Médio. O Hamas se opõe ao diálogo com Israel.