Cristina Kirchner é diagnosticada com câncer

Um porta-voz do governo da Argentina afirmou na noite desta terça-feira que a presidente Cristina Kirchner tem câncer na tireóide.

Segundo o funcionário do governo, a doença não se espalhou pelo restante do corpo e a presidente será operada no dia 4 de janeiro.

Cristina ficará de licença do governo até, no mínimo, 24 de janeiro. Até lá, o cargo será ocupado pelo vice-presidente, Amado Boudou.

Cristina, que tem 58 a nos, foi reeleita em outubro para um segundo mandato.

O câncer da presidente argentina é o quinto caso envolvendo presidentes contemporâneos da América Latina. No Brasil, tanto a presidente Dilma Rousseff como, mais recentemente, o ex-presidente Lula foram diagnosticados com a doença. O mesmo ocorreu com Hugo Chávez, da Venezuela, e Fernando Lugo, do Paraguai.