Em recado ao Irã, EUA alertam contra bloqueio de navios em estreito

Em um recado ao Irã, a marinha dos Estados Unidos alertou nesta quarta-feira que não vai tolerar qualquer interrupção no transporte marítimo no estreito de Hormuz, localizado no Golfo Pérsico.

O comentário foi feito depois que o Irã anunciou a realização de exercícios militares nas proximidades do estreito. Um sexto do petróleo do mundo é transportado por meio de Hormuz.

O comandante da marinha do Irã, Habibollah Sayyari, disse que as manobras, programadas para durar dez dias, têm o objetivo de mostrar o poderio defensivo do país.

Sayyari afirmou que as manobras também darão uma chance para testar novos mísseis, torpedos e outros armamentos.

Recentemente, relatos não confirmados de que o Irã pretendia fechar o estreito causaram um breve aumento nos preços do barril de petróleo.