Rebeldes matam 26 da República Democrática do Congo

O exército da República Democrática do Congo diz que rebeldes de Ruanda mataram pelo menos 26 civis em vilarejos remotos no leste do país.

Militares dizem que os ataques foram perpetrados por membros do grupo rebelde Forças Democráticas pela Libertação de Ruanda (FDLR, na sigla em inglês) no início desta semana.

As mortes representam um dos piores atos de violência do grupo em meses.

Sobreviventes teriam dito que foram alvo de ataques porque acredita-se que a população local apoia outra milícia armada na área e estava sendo punida por isso.