Em 'demonstração de solidariedade', frota russa chega à Síria

Uma grande frota russa liderada por um porta-aviões atracou neste domingo em um porto da Síria, iniciativa vista pela imprensa estatal síria como uma "demonstração de solidariedade" de Moscou, informa a agência France Presse.

A frota ficará ancorada por seis dias no porto de Tartus, onde a Rússia recentemente expandiu uma base naval.

A agência estatal síria Sana citou um oficial naval russo dizendo que a ida ao porto visa a aproximação entre os dois países e o fortalecimento de seus laços de amizade.

A iniciativa ocorre num momento de crescente isolamento da Síria entre a comunidade internacional, por conta da repressão do governo de Bashar al-Assad contra manifestantes pró-democracia no país.

Moscou tem mantido seu papel de aliado apesar da crescente pressão - ocidental e dos demais países árabes - para que a Síria ponha fim à repressão às manifestações.