Ataque no Paquistão deixa 14 soldados mortos

Um ataque na Província do Baluchistão deixou 14 soldados paquistaneses mortos.

A Província é alvo corriqueiro de grupos islâmicos que buscam desestabilizar o governo de Islamabad.

O ataque ocorreu no dia em que o primeiro-ministro paquistanês, Yusuf Raza Gilan, demitiu um alto funcionário do ministério da Defesa.

O país vive uma crise nas Forças Armadas, após funcionários criticarem o governo de agir inconstitucionalmente.