Suspeito de executar atentado na Nigéria escapa da prisão

A polícia da Nigéria confirmou na noite desta terça-feira que um dos suspeitos de ter executado o ataque que resultou na morte de 42 pessoas em uma igreja católica no último dia de Natal escapou da prisão.

Kabiru Sokoto é supostamente membro do grupo radical islâmico Boko Haram, que assumiu os ataques.

Sokoto foi preso no último sábado. Segundo a polícia, ele conseguiu escapar após um ataque ao local onde se encontrava preso, por membros do Boko Haram.

O grupo tem impulsionado a violência religiosa na Nigéria, com vários ataques a alvos cristãos, frequentemente revidados.