Governo britânico vai cortar mais de 4 mil nas Forças Armadas

O governo britânico vai anunciar nesta terça-feira um plano para cortes nas Forças Armadas do país.

Mais de quatro mil pessoas no Exército, Marinha e Aeronáutica da Grã-Bretanha serão afetadas por uma segunda rodada de cortes prometidos pelo ministério da Defesa.

O Exército britânico será o que mais perderá vagas. A meta é enxugar o número de soldados de 10 mil para 82 mil até 2020. Os cortes são parte de um plano do governo britânico de redução de gastos.

O ministério da Defesa disse que decisões difíceis estão sendo tomadas devido a um "buraco negro" no seu orçamento.

No começo do mês, o presidente americano Barack Obama também anunciou uma redução de US$ 450 bilhões de dólares nas Forças Armadas dos Estados Unidos nos próximos dez anos.