França suspende operações conjuntas com Afeganistão

A França anunciou a suspensão de seu programa de treinamento e operações militares conjuntas com o exército do Afeganistão, depois que um soldado afegão matou quatro oficiais franceses e deixou outros quinze feridos.

O presidente Nicolas Sarkozy disse que também irá considerar antecipar a retirada das unidades francesas do país.

O ministro da Defesa francês, Gerard Longuet, disse que os soldados franceses estavam desarmados e afirmou que elas forma assassinados.

É a segunda vez em três semanas que soldados franceses foram mortos por homens em treinamento.

O correspondente da BBC no Afeganistão disse que lutar contra o Talebã será mais difícil sem a França, que tem mais de 3.500 soldados no país.