Um ano após ser baleada, congressista americana anuncia renúncia

A congressista americana Gabrielle Giffords, que foi baleada e quase morreu um ano atrás durante um tiroteio no Arizona, anunciou sua renúncia.

Em uma mensagem de vídeo publicada no site YouTube, Giffords disse que está deixando o cargo para cuidar de sua recuperação e afirmou que a decisão também era a mais acertada para seus eleitores.

A democrata afirmou, no entanto, que pretende dar continuidade à sua carreira política um dia.

Giffords foi atingida na cabeça por um homem que abriu fogo no momento em que ela encontrava eleitores em um shopping, em janeiro de 2011. Hoje, ela anda e fala com dificuldade.

Seis pessoas morreram no incidente. O autor dos disparos, Jared Loughner, foi declarado mentalmente incapaz de ir a julgamento.