Espanha fecha 2011 com maior desemprego entre países industrializados

A Espanha fechou 2011 com uma taxa de desemprego de 22,85%, a mais alta entre os países industrializados, segundo informações oficias divulgadas nesta sexta-feira.

O número de pessoas desempregadas no país chegou a 5.270.000 no último trimestre do ano, um aumento de 295 mil em relação ao período anterior, informou o Instituto Nacional de Estatísticas espanhol.

A taxa de desemprego do quarto trimestre representa uma alta de 1,33 ponto percentual em relação aos três meses anteriores, quando o índice foi de 21,52%.

Segundo o governo, a situação é ainda pior junto à população jovem, entre 16 e 24 anos, que apresentou uma taxa de 51,4% no último trimestre de 2011, contra 45,8% registrados no fim de setembro.