Piloto de F1 é condenado por agressão a executivo da Renault

O piloto alemão de Formula-1 Adrian Sutil foi condenado na Alemanha por lesões corporais graves.

De acordo com a sentença, ele não precisará cumprir a pena de 18 meses, mas será obrigado a pagar uma multa de 200 mil euros (cerca de R$ 460 mil).

Sutil envolveu-se em uma briga com o executivo da Renault, Eric Lux, em uma boate em Xangai, na China, em abril do ano passado. Ele jogou uma taça de champagne em Lux, que precisou levar pontos no pescoço. O piloto de 29 anos já havia pedido desculpas ao executivo antes do julgamento em Munique.

Eles estavam participando de uma festa em comemoração à vitória do britânico Lewis Hamilton no GP da China.

Até o ano passado, Sutil pilotava pela equipe Force India, mas neste ano ele foi substituído pelo também alemão Nico Hulkenberg.