Três tibetanos 'ateam fogo ao próprio corpo' em protesto na China

Três tibetanos teriam ateado fogo ao próprio corpo na província de Sichuan, na China, em protesto contra a dominação chinesa.

Ativistas afirmaram que um deles morreu e os outros dois ficaram gravemente feridos.

Os tibetanos teriam pedido a libertação de seu país e o retorno do líder espiritual exilado Dalai Lama.

A região onde teria ocorrido o incidente, Seda, foi isolada pelas autoridades chinesas, dificultando a confirmação independente dos fatos.

Se confirmado, o incidente elevaria para ao menos 19 o número de tibetanos a atear fogo ao próprio corpo no último ano.