EUA fecha embaixada em Damasco

Os Estados Unidos fecharam sua embaixada em Damasco nesta segunda-feira. O Departamento de Estado Americano disse que o embaixador, Robert Ford, já deixou o país junto com o restante dos funcionários americanos.

O Departamento afirmou ainda que as autoridades sírias falharam em responder adequadamente a suas preocupações de segurança.

Correspondentes dizem que a decisão pretende isolar ainda mais a Síria dias depois que a Rússia e a China vetaram uma resolução do Conselho de Segurança da Onu contra o presidente Bashar al-Assad.

O primeiro-ministro russo, Sergei Lavrov, disse que a raiva dos países ocidentais e árabes contra o veto de Moscou é "histérica". Ele deverá visitar Damasco na próxima terça-feira, para conversas com Assad.