Crise faz Itália suspender candidatura de Roma à Olimpíada de 2020

Piazza Navona. Getty Direito de imagem Getty
Image caption Roma sediou os Jogos Olímpicos de 1960

O primeiro-ministro da Itália, Mário Monti, suspendeu nesta terça-feira a candidatura de Roma à sede dos Jogos Olímpicos de 2020.

Monti explicou a decisão dizendo que seria um ato irresponsável usar dinheiro do contribuinte na organização dos jogos em um momento em que a Itália enfrente uma profunda crise econômica.

O custo que vinha sendo estimado para a realização dos jogos era de US$ 12 bilhões.

Roma já sediou a Olimpíada de 1960. Outras cidades que concorrem a sede dos jogos de 2020 são Istambul, Madri, Tóquio, Doha e a capital do Azerbaijão, Baku.