Espanhóis vão às ruas protestar contra cortes de gastos do governo

Centenas de milhares de pessoas foram neste domingo às ruas das principais cidades da Espanha, em protesto contra os mais recentes cortes de gastos anunciados pelo governo.

Enquanto o governo tenta estimular a economia ao mudar as leis trabalhistas, os sindicatos afirmam que os direitos dos trabalhadores estão sendo dilapidados.

O maior protesto ocorreu em Madri, onde o centro da cidade ficou lotado de pessoas pedindo uma greve geral no país.

Segundo o correspondente da BBC em Madri Tom Burridge, este é o primeiro grande teste enfrentado pelo governo do primeiro-ministro Mariano Rajoy desde sua posse, em novembro.