Agência de risco rebaixa nota da Grécia para grau próximo de moratória

A agência de classificação de risco Fitch rebaixou nesta quarta-feira a nota de crédito da Grécia, de CCC para C, alegando que uma moratória na dívida do país é "altamente provável".

A nota dada por agências de classificação, cujo nível máximo é AAA, é vista como um indicativo da capacidade dos países em honrar suas dívidas.

O rebaixamento da Grécia ocorre apenas um dia depois de o país ter aceitado novas medidas de austeridade em troca de um pacote de resgate de 130 bilhões de euros, aprovado pela União Europeia para que Atenas pague dívidas que vencem em março.

O acordo da UE prevê a suspensão de 53% dos títulos da dívida soberana grega que estão nas mãos de credores privados - o que equivale a 107 bilhões de euros. Para a Fitch, isso já equivale a uma moratória restrita.

A nota C coloca a Grécia no limite das notas de grau especulativo e pouco acima da nota que o mercado considera uma moratória formal, explica a agência noticiosa France Presse.