Confronto com soldados israelenses mata um palestino

Um palestino morreu em consequência de ferimentos após confrontos com o exército israelenses, segundo médicos palestinos.

O homem, que acredita-se ter por volta de 20 anos, foi ferido em um episódio de violência perto de um posto de verificação israelense perto de Ramallah.

Testemunhas palestinas dizem que ele levou um tiro. O homem foi levado para o hospital e morreu algumas horas depois.

Outros conflitos aconteceram em Hebron e diante da mesquita al-Aqsa, em Jerusalém.

Centenas de palestinos atiraram pedras em policiais após as preces desta sexta-feira.

Soldados israelenses que abriram fogo em Ramallah também disseram terem sido atacados com pedras e fogos de artifício.

Os protestos aconteceram no aniversário do massacre em uma mesquita em Hebron, em 1994, feito pelo colono judeu Baruch Goldstein, que matou 29 palestinos.