Premiê grego tenta aprovação final para empréstimo em Bruxelas

O primeiro-ministro grego, Lucas Papademos, está em Bruxelas para tentar conseguir a aprovação final para o segundo empréstimo concedido ao país.

Na terça-feira, o parlamento da Grécia aprovou mais uma rodada de cortes no orçamento, equivalente a US$ 4,3 bilhões (R$ 7,3 bi), incluindo novas reduções nas aposentadorias e um corte no salário mínimo.

Mais cortes serão votados nesta quarta-feira para cumprir as condições exigidas no pacote de resgate.

Analistas dizem que a Grécia ainda enfrentará novos prazos para cortes nos próximos meses, mas que há um enorme ceticismo sobre a capacidade de o país cumprir as metas.