Brasil aceita pedido de desculpas de secretário-geral da Fifa

O Ministério do Esporte anunciou nesta quinta-feira que aceita o pedido de desculpas do secretário-geral da Fifa, Jerome Valcke.

Na última sexta-feira, Valcke fez duras críticas à condução dos preparativos para a Copa do Mundo de 2014 no Brasil, dizendo que os organizadores precisam de um "chute no traseiro", em referência a atrasos nas obras.

De acordo com a Agência Brasil, o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, uma carta ao secretário-geral aceitando o pedido de desculpas e outra ao presidente da Fifa, Joseph Blatter, em que afirmou que a presidente Dilma Rousseff o receberá para uma audiência, ainda sem data definida.

Na segunda-feira, Rebelo pediu a substituição de Jerome Valcke como interlocutor da Fifa, mas a federação ainda não se informou se o secretário-geral será ou não substituído.