Estudo sobre saúde de astronautas gera dúvidas sobre viabilidade de missões a Marte

Pesquisadores americanos descobriram que astronautas que passam mais de um mês no espaço estão sujeitos a anomalias que poderiam tornar inviáveis missões longas, como uma possível viagem a Marte.

Exames em 27 astronautas da Nasa verificaram evidências de deformações no cérebro e nos olhos por causa do aumento da pressão dentro do crânio.

Nos últimos anos, as missões espaciais têm durado algumas semanas ou meses, mas uma eventual viagem tripulada a Marte levaria um ano e meio.