Guarda de campo de extermínio durante Segunda Guerra morre na Alemanha

O ex-guarda de um campo de extermínio nazista John Demjanjuk morreu neste sábado, aos 91 anos de idade, na Alemanha.

No ano passado, ele havia sido condenado a cinco anos de prisão por sua participação no assassinato de 28 mil pessoas quando era guarda no campo de Sobibor, na Polônia, durante a Segunda Guerra Mundial.

Demjanjuk negava essas acusações e afirmava ter sido prisioneiro de guerra e vítima dos nazistas.

Ele havia sido solto devido à idade avançada, e aguardava apelação da decisão judicial.