Ataque das Farc mata 11 militares na Colômbia, diz Exército do país

O Exército colombiano disse que dez soldados e um oficial foram mortos no sábado em um ataque das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) em Arauquita, no sudeste do país, na fronteira com a Venezuela.

Segundo o Exército, os rebeldes lançaram mísseis caseiros contra os militares que patrulhavam a área, explorada por companhias petrolíferas e alvo comum de ataques.

Outros dois soldados ficaram feridos no ataque, considerado o pior do tipo em vários meses.

O episódio ocorreu no mesmo dia em que as Farc anunciaram a intenção de libertar 10 soldados e policiais mantidos como reféns. O grupo pede, porém, que o presidente colombiano, Juan Manuel Santos, permita que ativistas visitem rebeldes presos.

Santos diz que não vai abrir um diálogo com as Farc até que todos os reféns em poder do grupo sejam libertados e que se tenha provas de que os guerrilheiros realmente pretendem se desarmar e se reintegrar à sociedade.