Ativistas acusam forças sírias de matar 10, incluindo três crianças

Ativistas dizem que forças do governo sírio mataram 10 pessoas que tentavam escapar do país e chegar em um campo de refugiados na Turquia.

Eles dizem que as vítimas, que incluem três crianças, viajavam em um ônibus que passou a ser alvo de tiros na província de Idlib.

A violência continua em várias partes da Síria, apesar da declaração do Conselho de Segurança da ONU que pediu, na quarta-feira, que soldados se retirem de centros urbanos.