Tumor de Lula já não está 'visível', diz equipe médica

Em boletim divulgado na manhã desta quarta-feira, a equipe médica que atua no tratamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que seu tumor cancerígeno já não é mais visível.

"Foram realizados exames de ressonância nuclear magnética e laringoscopia, que mostraram a ausência de tumor visível, revelando apenas leve processo inflamatório nas áreas submetidas à radioterapia, como seria esperado", indica o comunicado assinado pela equipe do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde Lula tem feito o tratamento.

Lula voltou a ser internado no dia 8 de março, com febre, e nesta terça-feira recebeu a visita do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.