Caravaggio foi assassinado por vingança, diz historiador italiano

Atualizado em  3 de abril, 2012 - 10:54 (Brasília) 13:54 GMT

Um historiador italiano defende uma nova teoria para explicar a misteriosa morte do pintor renascentista Caravaggio, a de que ele foi assassinado por cavaleiros de Malta, motivados por vingança.

O professor Vicenzo Pacelli diz acreditar que os cavaleiros mataram o pintor e jogaram seu corpo no mar, após ele ter ferido um de seus colegas durante uma briga.

Pacelli diz basear sua teoria em documentos do arquivo secreto do Vaticano. Ele diz que o assassinato, ocorrido há cerca de 400 anos, teria tido a aprovação da entidade.

Outras teorias para explicar a morte de Caravaggio incluem envenenamento por causa da tinta e malária.

BBC © 2014 A BBC não se responsabiliza pelo conteúdo de sites externos.

Esta página é melhor visualizada em um navegador atualizado e que permita o uso de linguagens de estilo (CSS). Com seu navegador atual, embora você seja capaz de ver o conteúdo da página, não poderá enxergar todos os recursos que ela apresenta. Sugerimos que você instale um navegados mais atualizado, compatível com a tecnologia.