Resolução prevê envio de observadores da ONU à Síria

Um rascunho de resolução da ONU delineou um plano de envio de 20 a 30 observadores para a Síria, para monitorar o cumprimento de um novo plano de paz.

Os observadores provavelmente embarcariam rumo ao país árabe na semana que vem, sem portar armas.

O rascunho foi preparado pelos EUA e deve ser votado pelo Conselho de Segurança da ONU nesta sexta-feira. Por ter recebido o apoio de todos os membros do Conselho, provavelmente será aprovado.

Os observadores teriam como missão averiguar se a Síria está cumprindo o cessar-fogo e se o Exército sírio está recuando de áreas civis, sob ataque desde o início, há um ano, das revoltas antigoverno no país.

A Síria disse que aceitará a entrada dos observadores.

O cessar-fogo passou a vigorar na última quinta-feira. O correspondente da BBC na região, Jim Muir, relata que, apesar de violações da trégua cometidas por ambos os lados, há indícios de que a violência tenha caído significativamente no primeiro dia. Mas, nesta sexta, ativistas dizem que já há informações sobre confrontos entre o Exército sírio e combatentes rebeldes.