Em Cartagena, Dilma alfineta Obama sobre compra de aviões

Discursando ao lado dos presidentes da Colômbia, Juan Manuel Santos, e dos Estados Unidos, Barack Obama, durante um evento empresarial da Cúpula das Américas, neste sábado, Dilma alfinetou o presidente americano sobre a compra de aviões brasileiros.

Durante o evento, o presidente americano foi questionado pelo mediador se as ambições do Brasil não se contrapunham aos interesses dos Estados Unidos.

Obama respondeu que não, pois o desenvolvimento da economia brasileira cria oportunidades para que empresas americanas vendam seus produtos, como iPads e Boeings.

Ao mencionar a marca americana de aviões, Obama foi interrompido por Dilma, que citou a companhia brasileira Embraer. Houve então risos na plateia.

Recentemente, a Embraer teve cancelado um contrato para a venda de aviões para o governo dos Estados Unidos. A companhia aguarda agora por uma nova licitação. Já a Boeing disputa uma concorrência para a venda de caças para a Força Aérea brasileira.