Cúpula das Américas termina sem declaração conjunta

A Cúpula das Américas, que aconteceu em Cartagena de Índias, na Colômbia, terminou neste domingo sem uma declaração conjunta depois que os líderes regionais não conseguiram chegar a um acordo sobre se Cuba deveria comparecer ao próximo encontro.

Os Estados Unidos e o Canadá se posicionaram contra as exigências das nações latino-americanas de convidar Cuba para a Cúpula de 2015, que acontecerá no Panamá.

A ilha comunista foi excluída da Organização dos Estados Americanos (OEA), que organiza os encontros regionais, há 50 anos.

Os países presentes também não conseguiram chegar a acordos sobre temas como o combate ao narcotráfico e a questão das ilhas Malvinas (Falklands, para os ingleses), que foram tópicos de discussão durante a Cúpula.